sábado, 3 de junho de 2017

A outra Suíça...

Ontem apareceu um colega da concorrência com uma mala: sabes, esta mala é estranha. Tem um ficheiro em Copenhaga e veio parar aqui. Mas como é de uma companhia aérea vossa, eu deixo-a. Eu disse-lhe que sim, que deixasse. Quando eu tivesse tempo eu estudava o caso.
Fui ver o ficheiro e vinha de Newark, tinha que passar noutro aeroporto europeu qualquer e aterrar em Copenhaga. Mas nunca em Zurique. A morada do passageiro era na Suécia. Que estranho... deixa cá ver qual é o aeroporto mais próximo desta cidade... embora sejam países diferentes, fica mais fácil enviar para Copenhaga do que para outro aeroporto qualquer, basta atravessar o estreito e já estamos na Suécia.
Depois caiu a ficha... os amis não distinguem Suíça de Suécia (continuo sem perceber porquê pois os nomes são bem diferentes em inglês). E por essa razão aterrou uma mala na terra das vacas em vez de aterrar na terra dos Nobel.
Oh gentinha...

Sem comentários: